Thaiana Brotto

Nasci em Erechim, cidade do interior do Rio Grande do Sul

A psicologia começou para mim aos 13 anos de idade, uma época que me marcou muito. Nessa idade eu já tinha certeza do que realmente eu queria como profissão.

Quando pequena sempre fui a conselheira das amigas e também da família, e todos me procuravam para ouvir minhas orientações. 

Foi tão natural que aos 17 anos, no ano de 2002, ingressei na faculdade de Psicologia na cidade de Curitiba. Ao longo dos 5 anos de faculdade fiz diversos estágios. Eu queria ter uma ampla experiência nas mais diferentes áreas da psicologia, porém o que mais me fascinava ainda era a psicologia clínica – que para os pacientes é mais conhecida como terapia com psicólogo ou psicoterapia.

Quando me formei em 2008 me deparei com um forte sentimento de angústia por não saber o que me aguardava no mercado de trabalho. E como ter uma independência financeira era algo muito importante, fiz uma escolha temporária, optei pela área organizacional.

Eu segui nessa carreira por menos de uma ano, pois eu sentia que ainda algo não se encaixava. Eu não estava feliz.

A vida ia acontecendo e em 2009 comecei a namorar com meu marido. Tínhamos planos de casar e esse plano envolvia eu me mudar de cidade, pois o trabalho dele no mercado financeiro era em São Paulo.

Nos primeiros meses me adaptando com a nova dinâmica em São Paulo, depois de muito insistir comecei atender numa clínica de psicologia que atendia convênios.

Nesse período me sentia realizada de tal forma que trabalhar parecia uma terapia. Lembro-me que o lugar que eu atendia era bem simples, não muito aconchegante e por isso passado algum tempo e já mais estabelecida, comecei a sentir necessidade de buscar um espaço meu.

Depois de um período, sai de onde eu estava e através da indicação de uma paciente na época, um verdadeiro anjo, encontrei um lugar para chamar de meu. 

Nessa mesma época ingressei minha especialização na USP em Terapia Comportamental, onde fui construindo bons relacionamentos profissionais e tive muito acesso ao conhecimento.

Nessa época, ano de 2010, eu passei a atender apenas pacientes particulares.

O tempo foi passando e as mudanças foram acontecendo. E quando me dei conta, não havia mais horários disponíveis para acomodar novos pacientes.

Foi quando eu montei novos consultórios e reuni mais psicólogos para acomodar a demanda. Hoje já tenho 3 consultórios, com mais de 10 psicólogos criteriosamente selecionados!

Uma parte muito importante nessa história foi o nascimento do nosso filho no ano de 2017, que me ensina todos os dias a ser uma mãe suficientemente boa e me culpar menos.

Hoje eu estou aqui, contando um pedaçinho da minha história e espero que ela toque você e te estimule a nunca lançar mão dos seus sonhos e desejos mais profundos.

Thaiana F. Brotto